Fechar [X]

Notícias

Home » Notícias

Conheça o Portal Sistema FM.

 

O portal foi desenvolvido pela Fonoaudióloga Taciane Kriscia Machado Alves para sua dissertação de mestrado noPrograma de Pós-Graduação em Fonoaudiologia da FOB USP, intitulada "Portal Sistema FM: intercâmbio técnico científico entre profissionais que atuam com alunos usuários de Sistema FM", sob orientação da Profa. Dra. Regina Tangerino S. Jacob.

O portal é um ambiente virtual de transmissão de informações sobre Sistema FM voltado para profissionais utilizando a Teleducação Interativa. É composto por 7 módulos e os materiais usados na pesquisa, inicialmente, foram transformados em infográficos e vídeos educativos, com possibilidade de download.


Saiba mais. Acesse: (http://portalsistemafm.fob.usp.br/)

FONOAUDIÓLOGO EDUCACIONAL: ATUAÇÃO QUE FAZ A DIFERENÇA

O Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia realiza mais uma edição da Campanha Nacional de Fonoaudiologia Educacional para marcar o Dia Internacional da Educação – 28 de abril. Em 2016, o foco da campanha é para que o profissional se aproprie de seu espaço no ambiente escolar, valorizando o seu papel para a melhoria do processo educativo.

A presidente da Comissão de Educação do CFFa, Mônica Petit Madrid, reitera que o trabalho do fonoaudiólogo educacional, imprescindível na totalidade do ambiente escolar, seja junto à equipe pedagógica e pais.

Os Conselhos Regionais estão juntos nessa campanha e vão dialogar diretamente com o fonoaudiólogo educacional para reforçar importância de sua atuação. Por isso, o tema #FonoEducacionalOcupeSeuEspaço deve ser marcado em todas as publicações e divulgações dos materiais nas redes sociais.

Em campanha nacional o Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia conscientiza sobre a importância do papel do fonoaudiólogo na educação

#FonoEducacionalOcupeSeuEspaço

As ações de conscientização sobre a importância do papel do profissional na educação devem acontecer durante todo o ano letivo, e os materiais de divulgação podem ser acessados nos links a seguir:

Cartaz

Guia Norteador

Fonte: Conselho Federal de Fonoaudiologia 

Uninorte é a primeira universidade a autorizar o curso de fonoaudiologia no Acre

União Educacional do Norte (Uninorte) em Rio Branco oferece mais um curso de formação superior, desta vez o investimento da universidade foi no curso de fonoaudiologia, o primeiro do Estado após ser autorizado pelo Ministério de Educação. Segundo a coordenadora do curso e fonoaudióloga mestre, Lydhia Torres, o esforço pela implantação do curso foi devido a demanda de oferta nessa área no Estado do Acre.

“No último concurso foram ofertadas 10 vagas para fonoaudiólogos, existe uma grande demanda de emprego, porém no Estado existem poucos profissionais da área, temos um campo bastante vasto dentro da fonoaudiologia, e agora com curso, tenho certeza que isso só irá contribuir com a qualidade da saúde no Acre,” completou a coordenadora.

Para a diretora acadêmica da Uninorte, Vanessa Igami, a autorização do curso é o cumprimento do papel da Uninorte de prestar educação de qualidade e preparando futuros profissionais para o mercado de trabalho. “O curso de Fonoaudiologia completa nossa oferta nas áreas da saúde dentro da Uninorte e vem para atender a demanda do Estado que já víamos observando e estudando a necessidade há algum tempo”, completou.

Com duração de quatro anos, o curso irá ofertar 200 vagas, para turmas matutina e noturna. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 17 de maio e as aulas terão início em agosto. Mais informações pelo site da instituição www.uninorteac.com.br.

(fonte:http://contilnetnoticias.com.br/2016/04/24/uninorte-e-a-primeira-universidade-a-autorizar-o-curso-de-fonoaudiologia-no-acre/)

CFFa EMPOSSA CONSELHEIROS PARA 12º COLEGIADO

Em cerimônia que aconteceu na quinta-feira (21), em Brasília – DF, o Conselho Federal de Fonoaudiologia empossou os novos integrantes do 12º Colegiado, gestão 2016/2019. Ao todo são 20 conselheiros eleitos que compõem a chapa IntegraAção e que representarão a categoria nos próximos três anos.

Dando início aos trabalhos, a cerimonialista Ivanir Franco agradeceu aos membros do Colégio Eleitoral que conduziram com lisura a eleição do 12º Colegiado. Após a composição da mesa diretiva e execução do hino nacional todos os componentes da mesa diretiva fizeram uso da palavra. A vice-presidente Maria Cecília de Moura fez referência às particularidades do trabalho de cada um dos conselheiros. Em seguida a diretora-secretária, Solange Pazini agradeceu todos os presentes e também a dedicação dos funcionários do CFFa durante toda a gestão 2013/2016.

O diretor-tesoureiro, Jaime Zorzi, sempre lembrado pela seriedade de suas decisões deixou um recado mais emocionado. “Hoje quero misturar a razão com o sentimento e dizer que carregarei por todo o tempo que for possível o modo natural que trabalhamos e aprendemos a conviver e respeitar a diversidade. Aproveito e desejo sorte aos que estão chegando”, declarou.

A coordenadora administrativa do CFFa, Ana Lúcia Rodrigues Torres agradeceu o reconhecimento do esforço e comprometimento dos funcionários. “Em nome da equipe dou as boas vindas aos 12º Colegiado e desejo uma gestão com muitos avanços em prol da Fonoaudiologia”, afirmou.

Em nome dos Conselhos Regionais de Fonoaudiologia, o presidente do CRFa 8ª Região, Charleston Teixeira Palmeira fez um discurso poético e astrológico ressaltando aspectos específicos de cada Conselho Regional. .

Encerrando seu mandato como presidente do CFFa, Bianca Queiroga agradeceu todos os envolvidos que colaboraram para o avanço e fortalecimento da Fonoaudiologia nos últimos 03 anos. ” Com a palavra de ordem agradecer, me dirijo inicialmente e, de maneira especial, aos meus companheiros na diretoria. Tivemos um feliz encontro de almas, pois tenho a certeza que a nossa amizade transcende aos limites do trabalho e tomou a dimensão do humano. Levo comigo esse presente, ter conhecido e convivido com vocês durante esses três anos”, afirma.

A presidente também agradece aos Conselhos Regionais. Segundo ela, todas as realizações só foram possíveis em razão da parceria e cooperação dos Conselhos Regionais.”Aprendemos um pouco mais a pensar e a agir como um Sistema, o tão falado Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia”, prossegue.

Bianca também se valeu dos versos de João Cabral de Melo Neto, no poema Morte e Vida Severina para retratar a forma como cada um contribuiu para o alcance das metas e sucesso da gestão. “Não dá para elencar tudo aqui, mas tenho a certeza de que todos, todos deram o melhor de si”, reforçou.

Ao desejar sucesso aos conselheiros que compõem do 12º Colegiado a presidente destacou que o trabalho do Sistema de Conselhos só tem sentido se puder ser revertido em mudanças que promovam a saúde, a educação e melhorem a vida das pessoas. E para ilustrar esse pensamento, seguindo a escola poética, Bianca cita algumas palavras do escritor, sociólogo e poeta Gilberto Freyre:

O saber deve ser como um rio, cujas águas doces, grossas, copiosas, transbordem do indivíduo, e se espraiem, estancando a sede dos outros. Sem um fim social, o saber será a maior das futilidades. Imbuídos desse compromisso social, tenho a certeza de que fizemos a diferença para a Fonoaudiologia com o nosso trabalho ao longo da gestão do 11o colegiado e continuaremos a fazer com os colegas que nos representarão no 12o colegiado. Desejo muito, muito sucesso à nova gestão”, finalizou. 

Ainda durante a cerimônia a diretoria fez uma homenagem a cada conselheiro com a entrega de um certificado e uma placa. Em seguida tomaram posse os conselheiros  integrantes do 12º Colegiado, gestão 2016/2019, e a represente da gestão, conselheira Thelma Costa, falou em nome da chapa IntegraAção.

Em nome do 12o colegiado que hoje toma posse quero em primeiro lugar agradecer ao 11º Colegiado do CFFa pela gestão que sabemos, foi repleta de conquistas para a fonoaudiologia. Ações junto ao Ministério da Saúde, aos senhores parlamentares, na Câmara e no Senado, junto a outros Conselho da Saúde, às Instituições de Ensino Superior, enfim, inúmeras ações que poderíamos citar e que com certeza fizeram de nossa fonoaudiologia, uma fonoaudiologia melhor. Parabéns a todos vocês pela excelente gestão”, cumprimentou.

E finalizando: “Como disse Cortella: Eu quero ser importante. Não preciso ser famoso. É melhor ser importante que famoso. Não quero ter uma vida que seja pequena. A vida com certeza, é muito curta não pode ser pequena. A fonoaudiologia deu certo, dá certo e sempre dará certo, pois temos profissionais como os Conselheiros do 11o e do 12º Colegiado, que querem que ela dê certo. Obrigada a todas e a todos e um ótimo trabalho”, concluiu. 

(fonte: http://www.fonoaudiologia.org.br/cffa/index.php/2016/04/cffa-empossa-conselheiros-para-12o-colegiado/)

Sessão solene na Câmara Legislativa do Distrito Federal em comemoração ao dia mundial da voz!

 

 
 

Sessão solene em comemoração ao dia mundial da voz!

 

April 21, 2016

 
 

No dia 19 de Abril foi realizada na Câmera Legislativa uma sessão solene em comemoração ao dia mundial da voz. A sessão foi iniciativa do deputado Robério Negreiros e contou com a participação de médicos, fonoaudiólogos e alunos de fonoaudiologia. Os componentes da mesa destacaram a importância das companhas a favor dos cuidados a voz, assim como a prevenção contra problemas vocais.

O primeiro a falar foi o professor e vice coordenador do curso de Fonoaudiologia na Universidade de Brasília, Eduardo Magalhães, ele falou sobra a trajetória das campanhas de voz em Brasília e da sua importância para o mundo, e acrescentou ainda que o objetivo dessas campanhas é conscientizar as pessoas sobre a importância dos cuidados com a voz que é a identidade da pessoa. Segundo ele os professores são os mais vulneráveis a ter problemas de voz, e que a saúde vocal previne contra disfonias.

A segunda a falar foi a representante da sociedade brasileira de fonoaudiologia e articuladora da campanha do dia mundial da voz, Maria Lucia, ela falou sobre a importância da voz para a comunicação humana, as emoções e intenções que ela transmite. “A voz é a minha identidade”, acrescentou ela. Segundo ela de 5 a 8% da população tem problemas na voz, e que a voz é o instrumento de trabalho da maioria das profissões, ela ainda afirmou que hábitos como falar por muito tempo, não respeitar o cansaço vocal, falar na presença de ruído intenso, falar rápido, gritar, tossir e pigarrear constantemente, fumar, se alimentar mal, dormir pouco, falar com pouca articulação, utilizar técnicas vocais inadequadas e outros, prejudicam a voz. Ela ainda destacou que sintomas como rouquidão, falha ou perda da voz, cansaço ao falar, presença de ar na voz, voz fraca no final do dia, dor, ardência e incomodo na laringe, podem indicar presença de alterações vocais.

A próxima a falar foi a Dr. Luciana Watanabe, otorrinolaringologista da Unidade de Broncoesofagologia do Hospital de Base de Brasilia e representante da associação de otorrinolaringologistas, ela falou sobre a importância da detecção precoce do câncer de laringe, que tem como primeiro sintoma a rouquidão, explicando primeiramente o mecanismo de produção da voz. Ela reforçou os hábitos vocais que são prejudiciais para a voz e os sintomas mais comuns. “O Brasil é o pais que mais tem incidência de câncer de laringe do mundo” acrescentou ela, e ainda disse esse câncer está relacionado com o fumo e álcool. Dados mostram que está previsto para 2016, mais de 7 mil casos novos de câncer de laringe.

A fala seguinte foi do fonoaudiólogo Danilo Mantovani, presidente da Associação Profissional dos Fonoaudiólogos do Distrito Federal e participante do Conselho Regional de Fonoaudiologia 5ª região. Ele falou sobre a importância e o valor da voz, reforçando a trajetória da campanha da voz e destacando a sua importância na conscientização dos cuidados com a voz e na mobilização dos vários setores envolvidos. O Danilo mostrou os resultados da campanha da voz em Brasília e os seus frutos, dentre eles ele destacou o programa de saúde vocal, que visa à prevenção de alterações vocais em profissionais, a caravana da voz, os atendimentos na secretaria de saúde do DF, entre outras conquistas da fonoaudiologia. No seu discurso o fonoaudiólogo destacou a falta de fonoaudiólogos para a grande demanda da secretária, "São apenas 11 profissionais para atender cerca de 30 mil professores em programas de saúde vocal".

O deputado Robério Campos, se dispôs a auxiliar nas demandas apresentadas a ele e disse que recursos oriundos de emendas parlamentares podem ser destinados para essas demandas e que para isso bastaria que houvesse mobilização, seguindo a forma legal, já que a prevenção da voz é tão importante para a comunicação e para a saúde dos professores.

O sessão contou com a ilustre apresentação do coral CMAB, que tem como regente o Felipe Ayala, o coral contou sucessos como Beatles e foi aplaudido de pé por todos presentes.

A última participação foi do regente David Junker, formado em música pela UnB e regente do coro Sinfônico e Madrigal, que fez com que toda a plateia cantasse em coro e trabalhasse com a voz.

(Fonte: http://fonoemfoco.wix.com/fonoemfoco#!programa/ceu8)