Fechar [X]

Notícias

Home » Notícias

Comemorações do dia da voz em Porto Velho - Rondonia

Dia 07 de abril de 2014 a Câmara Municipal de Porto Velho, estado de Rondônia, conferiu uma moção de aplauso às fonoaudiólogas Daniele de Oliveira Brito e Viviane Castro de Araújo pelo Dia Municipal dos Cuidados com a Voz, mundialmente comemorado dia 16 de abril. A moção foi de autoria do Vereador Alan Queiroz, presidente da Câmara do referido município.

As duas fonoaudiólogas e também docentes da Faculdade São Lucas há 12 anos trabalham nas campanhas da voz no município, sendo que Daniele Brito é articuladora regional da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia e Viviane Araújo conselheira do Conselho Regional de Fonoaudiologia da 5ª região.

As duas conseguiram apoio da empresa Minalinda, que doa garrafas de água para os eventos e do Supermercado Gonçalves que doa maçãs, ambos com essa parceria há 3 anos.

Nos anos de 2011, 2012 e 2013 concorreram como melhores campanhas do Brasil pela Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia e ficaram entre as três melhores nos anos de 2011 e 2012.

Sentem-se orgulhosas de conseguirem mobilizar os alunos e fonoaudiólogos do estado, pois são apenas 199 profissionais em Rondônia e cerca de 100 nesta capital. Segundo Viviane, " Um exemplo de que podemos muito quando queremos algo, mesmo sendo poucos. Afirmam que podemos ser bons, podemos ser ótimos, mas temos que querer e fazer" .

Em 2013 o vereador Alan Queiroz, presidente da Câmara dos Vereadores de Porto Velho, abraçou a causa e constituiu a Lei que designa o dia 16 de abril como dia municipal dos cuidados com a voz.


Aproveitaram a ocasião da moção e entregaram nas mãos do presidente da casa o projeto “SAÚDE VOCAL PARA PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO DE PORTO VELHO”.

FÓRUNS DISCUTEM NOVAS ESPECIALIDADES NA 5a REGIÃO

O CREFONO5 convida os fonoaudiólogos para participarem dos Fóruns de discussão das novas especialidades que ocorrerão em Belém e Goiânia.

Belém - Dia 17 de março  19h  Auditório Bloco F  UNAMA

Goiânia - Dia 18 de março 18h30  Auditório 1 da área 2 PUC Goiás

Trata-se de um debate sobre as novas especialidades em estudo pelo Sistema de Conselhos de Fonoaudiologia. Será um espaço aberto a todos os fonoaudiólogos que quiserem discutir sobre a proposta de criação das especialidades em Fonoaudiologia do Trabalho, Gerontologia, Neurofuncionalidade e Neuropsicologia, assim como tomar ciência do entendimento de outros colegas fonoaudiólogos sobre o tema. Caso o fonoaudiólogo não possa participar das discussões presenciais, poderá responder a consulta pública contribuindo para o avanço da Fonoaudiologia.  As discussões já ocorreram em Manaus e Brasilia na última semana.

Abaixo, sugue o link para que você possa se posicionar sobre o assunto. http://www.survio.com/survey/d/Z2W7Y4M1H9W7R1V6F

CONTAMOS COM A SUA PARTICIPAÇÃO !!!!!!

5o. colegiado do CREFONO5

20 de março - Dia de atenção à disfagia

Dia 20 de março é o Dia de Atenção a Disfagia e para ressaltar a importância da atuação fonoaudiológica nesta área, o Sistema de Conselhos Federal e Regionais de Fonoaudiologia elaborou um folder sobre o tema a fim de colaborar com as ações de divulgação dos fonoaudiólogos interessados.

Para os fonoaudiólogos do Pará e do Amazonas, solicitamos que entrem em contato com as delegacias do CREFONO5 em Belém e Manaus para a solicitação do material e os demais estados que entrem em contato com a Sede do CREFONO5 em Goiânia que o material será disponibilizado gratuitamente.

CREFONO5  em Goiânia

Rua 242 Qd. 71 Lt. 04  Setor Coimbra Goiânia – Goiás  Telefone: (062) 3233-3209  3293-6124/  3233-3620

email:  assessoria@crefono5.org.br

Delegacia  CREFONO5  Manaus

Av. Carlota Joaquina, nº 87  Ed. Carvalho Center  3º andar  Manaus/AM   CEP:  69055-011

Fone: (92) 3236-5042       e-mail:  deleg.manaus@crefono5.org.br

Delegacia CREFONO5 Belém

Endereço: Rua dos Pariquis nº 2999, Ed. Village Center, Sala 809 Belém/PA  CEP: 66040-045

 Fone: (91) 3249-7519    e-mail: deleg.belem@crefono5.org.br

ELEIÇÕES SOCIEDADE BRASILEIRA DE FONOAUDIOLOGIA TRIÊNIO 2014-2016

A comissão eleitoral da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia convoca os associados para participarem das eleições que serão realizadas por meio de chapas desvinculadas, ocorrendo pelo voto direto e individual, por meio eletrônico no portal da SBFa, no período de 0h de 03 de fevereiro às 23h59min de 10 de fevereiro de 2014.

A apuração dos votos será realizada no dia 11 de fevereiro 2014 e a divulgação dos resultados será publicada no portal da SBFa a partir de 13 de fevereiro de 2014. A posse da nova Diretoria ocorrerá no dia 06 de março de 2014.

Todo associado poderá exercer seu direito de voto para Diretoria Executiva, cada um dos Departamentos Científicos, cada um dos Comitês Científicos, Comissão de Ensino e Conselho Administrativo (candidaturas avulsas).

Para acessar as Chapas - clique aqui

Para votar clique no link    http://www.sbfa.org.br/portal/eleicao_inicial.php

Fonoaudiólogo poderá assumir mais de duas responsabilidades técnicas

De acordo com a Resolução nº 439/2013 do CFFa, o fonoaudiólogo Responsável Técnico (RT) poderá assumir mais de duas responsabilidades técnicas. Tal procedimento, entretanto, deverá ser avaliado pelo seu respectivo Conselho Regional de Fonoaudiologia sempre observando os critérios estabelecidos desta Resolução para o fiel desempenho da atividade.

De acordo com a nova resolução, que revoga a 430/2013, o RT é o profissional responsável por zelar pela qualidade na prestação de serviços fonoaudiológicos de uma instituição, a fim de garantir à comunidade práticas fonoaudiológicas dentro dos preceitos legais, éticos, técnicos e sanitários vigentes.

Outra mudança estabelecida pela nova resolução é a respeito do fonoaudiólogo substituto do Responsável Técnico. Entende-se por esse profissional, o fonoaudiólogo indicado pela empresa ou pelo próprio para substituições acima de 45 dias. Nesse caso, o substituto deve informar ao seu Regional essa alteração. A partir de agora no termo de responsabilidade técnica que o fonoaudiólogo responsável técnico assina junto ao Conselho Regional de sua jurisdição deverá constar informação sobre o horário de funcionamento da prestação dos serviços fonoaudiológicos, incluindo sábados, domingos e feriados, bem como os horários previstos para permanência do RT.

Clique aqui e leia na íntegra a Resolução CFFa nº 439/2013

VEJA OS DEVERES DO RT

I - zelar pelas disposições legais do funcionamento dos serviços fonoaudiológicos da pessoa jurídica;

II - assegurar condições dignas de trabalho e os meios indispensáveis à prática fonoaudiológica;

III - garantir que os serviços prestados em Fonoaudiologia não sofram ingerência técnica de não fonoaudiólogos, mesmo em condição de chefia;

IV - elaborar ou revisar anúncios de natureza fonoaudiológica, a serem veiculados pela pessoa jurídica quanto ao seu conteúdo, visando sua adequação aos princípios éticos, dados científicos, de acordo com a Lei nº 6.965/81, Código de Ética da Fonoaudiologia, disposições legais e normativas;

V - assegurar que os estágios realizados na empresa estejam de acordo com as normas legais vigentes;

VI - assegurar que, durante os horários de atendimento à clientela, estejam em atividade, no serviço, profissionais fonoaudiólogos em número compatível com a natureza da atenção a ser prestada;

VII - orientar o responsável legal da instituição sobre as obrigações junto ao Conselho Regional de Fonoaudiologia da sua jurisdição;

VIII - representar o serviço de Fonoaudiologia junto a chefias, em reuniões, fiscalizações do Conselho Regional de Fonoaudiologia e Vigilância Sanitária quando solicitado;

IX - comunicar, às instâncias e órgãos competentes, falhas ou irregularidades existentes na instituição pela qual é Responsável Técnico;

X - informar ao Conselho Regional de Fonoaudiologia os nomes dos fonoaudiólogos que compõem o quadro funcional da instituição, bem como alterações na sua composição;

XI - informar oficialmente ao Conselho Regional de Fonoaudiologia, no prazo de trinta dias, o afastamento ou baixa da sua responsabilidade técnica;

XII - cumprir e fazer cumprir a Lei nº 6.965/81, os Decretos nº 87.218/82 e nº 87.373/82, o Código de Ética da Fonoaudiologia e demais normativas da Fonoaudiologia.

Fonte: Assessoria de Comunicação do CREFONO 4